Por favor, avise que esteve aqui, deixando pelo menos um "oi"!

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

OUTUBRO MISSIONÁRIO 2011



Viver "missionariamente" o mês de Outubro, como mês por excelência dedicado à Missão Universal da Igreja.


ORAÇÃO MISSIONÁRIA

Espírito Santo,
que desceste sobre os Apóstolos e os fizeste anunciadores do Evangelho:
derrama os teus dons sobre cada um de nós e torna-nos sensíveis aos apelos e às necessidades dos nossos irmãos;
desperta em muitos corações (crianças, jovens e adultos...) o ideal missionário;
dá força e coragem a todos quantos se entregam totalmente ao serviço da MISSÃO.
Amém!

OUTUBRO | mês missionário

As nações caminharão à sua luz [Ap 21, 24]
O objectivo da missão da Igreja é iluminar com a luz do Evangelho todos os povos no seu caminhar na história rumo a Deus, para que encontrem n’Ele a sua plena realização. Devemos sentir o anseio e a paixão de iluminar todos os povos, com a luz de Cristo, que resplandece no rosto da Igreja, para que todos se reúnam na única família humana, sob a amável paternidade de Deus.

[Bento XVI]

Oração para cada dia

1. Deus nosso Pai, dá-nos a graça de viver este mês missionário seguindo o exemplo de Santa Teresinha do Menino Jesus, anunciando o Evangelho e crescendo no amor à missão, através da oração e da partilha.

2. Deus nosso Pai, que na Tua admirável providência envias os santos Anjos para nos guardarem, escuta as nossas súplicas e dirige os nossos passos no caminho da salvação e da paz.

3. Deus nosso Pai, envia sobre nós o Teu Espírito para que, no seguimento do Congresso Missionário Nacional realizado o ano passado, sejamos capazes de rasgar horizontes novos de missão na Igreja portuguesa.

4. Deus nosso Pai, abençoa os bispos que hoje iniciam o Sínodo Africano para que, escutando a voz do Espírito e discernindo os sinais dos tempos, a Igreja seja uma voz profética promovendo a reconciliação, a justiça e a paz, criando unidade entre os povos do continente africano e anunciando o Evangelho.

5. Deus nosso Pai, louvado sejas pela beleza do céu e da terra, obra das Tuas mãos! Dá-nos a sabedoria para sabermos viver em harmonia com todos os seres da natureza e defender a integridade da Criação.

6. Deus nosso Pai, derrama a Tua bênção sobre o continente europeu para que saiba acolher no seu seio os imigrantes e os refugiados. E, assim, possa crescer no respeito pelos outros povos e culturas.

7. Deus nosso Pai, dá-nos a Tua graça para que, à semelhança de Maria de Nazaré, cada um de nós procure escutar a Palavra de Deus e anunciá-la aos outros com paixão e alegria.

8. Deus nosso Pai, abençoa os jovens e derrama o Teu amor nos seus corações para que eles coloquem a sua força, generosidade e entusiasmo ao serviço da paz, da justiça e da fraternidade entre os povos.

9. Deus nosso Pai, dá-nos coragem para imitar os santos mártires, seguindo o seu exemplo na renúncia à glória deste mundo e na entrega generosa da vida ao serviço do Evangelho.

10. Deus nosso Pai, que manifestaste em São Daniel Comboni um exemplo de amor a Ti e aos povos da África, faz que imitando o seu zelo missionário, nos consagremos à evangelização dos irmãos mais pobres.

11. Senhor Jesus, nosso amigo, abençoa as crianças das nossas paróquias e desperta nelas o amor pelas crianças dos outros continentes, sobretudo as que sofrem por causa da doença, da guerra e da fome.

12. Senhor Jesus, amigo dos pobres e dos pequenos, olha para o vasto continente americano e faz da Igreja uma Igreja missionária comprometida com as lutas do povo e sinal de esperança para os mais pobres.

13. Senhor Jesus, amigos dos doentes, derrama sobre eles a Tua bênção, para que, na fé e na esperança, sintam a Tua presença e possam oferecer o seu sofrimento pelo anúncio do Evangelho a todos os povos.

14. Senhor Jesus, neste Ano Sacerdotal, por intercessão de S. João Maria Vianey, ilumina todos os sacerdotes, para que possam compreender cada vez melhor a importância do seu papel e da sua missão na Igreja.

15. Senhor Jesus, pedimos por todos os membros da vida consagrada para que o testemunho de uma vida pobre, casta e obediente, e a entrega generosa à missão sejam sinal profético da presença do Reino neste momento da história que atravessamos.

16. Senhor Jesus ilumina os nossos corações para que sejamos construtores da paz, respeitando e acolhendo os outros como irmãos, e colaborando com eles na construção de uma sociedade mais justa e fraterna.

17. Senhor Jesus, nosso amigo, ensina-nos a crescer na renúncia e no desprendimento dos bens materiais, a fim de sermos cada vez mais solidários com os que nada têm e, deste modo, testemunhar que a verdadeira alegria está mais em dar do que em receber.

18. Deus, nosso Pai, desça sobre nós a Tua bênção, para que a oração pela missão, a dedicação ao anúncio do Evangelho e o apoio à Igreja missionária continuem presentes, hoje e sempre, na vida de cada baptizado e de cada comunidade cristã.

19. Deus, nosso Pai, fonte da Missão, fazei que seguindo o exemplo do Apóstolo São Paulo, cada baptizado assuma a sua vocação missionária, anunciando Jesus Cristo com paixão e alegria.

20. Deus, nosso Pai, envia sobre nós o Teu Espírito para darmos testemunho da nossa fé em Cristo, vivermos com alegria a esperança do Reino e amarmos a todos com genuína caridade.

21. Deus, nosso Pai, envia o Teu Espírito sobre as Igrejas da Ásia para estarem sempre ao lado dos pobres, crescerem no diálogo com as diversas tradições religiosas e serem fermento de vida nova.

22. Deus, nosso Pai, fonte de toda a santidade, derrama sobre a Igreja a abundância da Tua bênção, para que, segundo o Teu desígnio de amor, surjam muitas vocações missionárias para o serviço do povo de Deus e o anúncio da Boa Nova do Reino.

23. Deus, nosso Pai, protege e conforta os doentes, os idosos e os que vivem sós, sobretudo os que mais sofrem. Que eles sintam a Tua presença consoladora através do apoio e solidariedade dos irmãos.

24. Deus, nosso Pai, pedimos-Te pelas nossas Igreja locais. Que elas descubram que também foram enviadas em missão e vivam sempre em dinamismo missionário, através da oração pelas missões, da cooperação e da partilha com as igrejas mais necessitadas.

25. Deus, nosso Pai, abençoa a Igreja da África. Que as orientações do Sínodo Africano mobilizem os cristãos para serem testemunhas da verdade e da justiça, defensores da paz e da liberdade, profetas e construtores de uma África mais justa e fraterna.

26. Deus, nosso Pai, pedimos-Te por todos os leigos missionários. Abençoa o seu trabalho e faz com que sejam fiéis à sua vocação, servindo a missão e dando testemunho de Jesus Cristo na vida familiar, profissional, social e eclesial.

27. Deus, nosso Pai, olha com bondade para os povos da Oceânia e faz da Tua Igreja uma Igreja missionária, acolhedora e dialogante, para construir pontes entre pessoas, grupos e nações, e dar a conhecer a todos a Boa Nova do Reino de Deus.

28. Deus, nosso Pai, fonte de misericórdia, que nos fizeste chegar ao conhecimento do Teu nome por meio dos bem-aventurados Apóstolos, concede-nos, por intercessão de São Simão e São Judas, que a Igreja cresça continuamente com a conversão dos povos ao Evangelho.

29. Deus, nosso Pai, abençoa as famílias cristãs para que sejam verdadeiras comunidades domésticas onde a fé possa ser vivida com entusiasmo, o amor cresça entre todos os seus membros e a abertura aos outros se concretize no acolhimento e na partilha.

30. Deus, nosso Pai, fonte do amor e da missão, dá-nos a coragem de partir ao encontro dos outros, saindo do nosso egoísmo e do nosso conforto. Dá-nos a graça de viver sempre em espírito de missão.

31. Deus, nosso Pai, concede-nos, a nós que celebrámos este mês das missões, a graça de permanecer fiéis à nossa vocação cristã, abertos à dimensão missionária da Igreja e prontos para dar testemunho de Jesus a todos aqueles que ainda o não conhecem.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Movimento comente mais



Quantas vezes você visita um blog, lê um post interessante, a mão coça para comentar,ou não, mas sai sem deixar nenhum comentário? Eu confesso que faço isso diversas vezes nos blogs em que acompanho.

Assim como eu, sei que muitas dos leitores fazem a mesma coisa e isso é um hábito ruim.

Tudo que um blogueiro quer, é um retorno sobre o que ele está escrevendo, mesmo que seja para crítica, sugestão ou só para trocar uma ideia.

Surgiu no Twitter, a algum tempo atrás e agora estão retomando, e graças a Deus alguns catequistas aderiram, a ideia de criar um movimento com a tag #movimentocomentemais e dessa tag surgiu este selo para identificar a campanha.

O movimento é para conscientizar todas nós (isso me inclui) da importância de deixar um comentário quando visitamos um blog, porque é através dos comentários que a interação acontece, as ideias surgem e com isso vamos melhorando o conteúdo, sempre!

Dedico esse selo a todos os catequistas que me segue!

Que Deus abençoe a todos!

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Igreja no Brasil celebra o Mês da Bíblia 2011 com o estudo do Livro do Êxodo


“Desconhecer as Escrituras é desconhecer o Cristo”, com essa frase, de São Jerônimo, que a Igreja celebra, nesse mês de setembro, o Mês da Bíblia. Neste ano, o estudo proposto pela Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), será o Livro do Êxodo, capítulos 15,22 a 18,27, que é conhecido como o “Livro da Travessia”.

O Mês da Bíblia tem como tema “Travessia, passo a passo, o caminho se faz”, e o lema “Aproximai-vos do Senhor”.

O presidente da Comissão para a Animação Bíblico-catequética e arcebispo de Pelotas (RS), dom Jacinto Bergmann, escreveu uma mensagem para toda a comunidade cristã que celebra o Mês da Bíblia.

Dom Jacinto pede que todos procurem viver intensamente o esse mês, em todas as comunidades cristãs espalhadas pelo território nacional. “Que bom que temos um Subsídio elaborado pela Comissão para a Animação Bíblico-catequética, que, usado em nossos Grupos Bíblicos, nos ajudará a conhecer e interpretar, a comungar e orar, a evangelizar e proclamar a Palavra de Deus e assim caminharmos sempre mais para uma verdadeira animação bíblica da pastoral, formando entusiastas discípulos missionários de Jesus Cristo”, destacou.

O Subsídio

O Subsídio apresenta vários textos para estudo, reflexão, oração e prática para o Mês da Bíblia de 2011. Não pretende dizer tudo, mas apontar pistas para o trabalho individual e comunitário. Foi pensado como material de apoio, isto é, traz elementos informativos a serem desenvolvidos posteriormente e indica também roteiros práticos, que podem orientar grupos de reflexão e leitura orante sobre o assunto.

Leia abaixo a íntegra da mensagem de dom Jacinto Bergmann, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética da CNBB.

Mês da Bíblia

Mês de Setembro para a nossa Igreja no Brasil já é, por uma bonita tradição, sinônimo de MÊS DA BÍBLIA. O grande São Jerônimo, presbítero e doutor, cuja memória celebramos no final do mês de setembro, dia 30, nos motivou desde o início e motiva ainda hoje para a dedicação do mês de setembro inteiro para ser o da Bíblia. Sabemos da importância do trabalho bíblico de São Jerônimo realizando a tradução da Vulgata; e sua frase é emblemática: “Desconhecer as Escrituras é desconhecer o Cristo”.

Também já é uma bonita tradição, a CNBB, através da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética, oferecer um tema para o Mês da Bíblia para o estudo, a reflexão, a oração e a vivência da Palavra de Deus. O tema pode girar ou em torno de trechos bíblicos, ou de um Livro bíblico, ou até de um conjunto de Livros bíblicos. A escolha do tema para o Mês da Bíblia deste ano de 2011, concentrou-se no trecho do Livro do Êxodo, capítulos 15,22 a 18,27, que é conhecido como o “Livro da Travessia”. É necessário olharmos as etapas da travessia desértica do Povo de Deus, saindo do Egito e buscando a Terra Prometida: as dificuldades enfrentadas pelo Povo de Deus, tanto os problemas da natureza, quanto os desafios oriundos pela convivência humana, criaram a necesidade de enraizar e vivenciar a fé, a esperança e o amor em Deus. Queremos aprender com o Povo de Deus a realizarmos a nossa travessia de discipulado e missão. Eis, pois, o tema tão propício para o Mês da Bíblia de 2011: “Travessia, passo a passo, o caminho se faz”. Mas, o fundamental em tudo isso, é estar próximo ao Senhor Deus. Assim, do capítulo 16, versículo 9, é tirado também o lema: “Aproximai-vos do Senhor”.

Vamos viver intensamente o Mês da Bíblia em todas as nossas comunidades cristãs espalhadas pelo território nacional. Que bom que temos um Subsídio elaborado pela Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética, que, usado em nossos Grupos Bíblicos, nos ajudará a conhecer e interpretar, a comungar e orar, a evangelizar e proclamar a Palavra de Deus e assim caminharmos sempre mais para uma verdadeira ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORAL, formando entusiastas discípulos missionários de Jesus Cristo.

Dom Jacinto Bergmann,Arcebispo de Pelotas e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética

De Belo Horizonte para o Brasil

Há mais de 30 anos, no Brasil, o mês de setembro é conhecido como o Mês da Bíblia. Segundo o Serviço de Animação Bíblica das Paulinas, a data tem sua origem na Arquidiocese de Belo Horizonte (MG) que, em 1971, solicitou às comunidades sugestões para a comemoração dos seus 50 anos. “A superiora das Paulinas, Ir. Eugênia Pandolfo, apresentou, então, a proposta de realizarmos um vasto e profundo movimento bíblico durante o mês de setembro, que atingisse todos os segmentos da Arquidiocese”.

Aprovada a proposta, formou-se a equipe de coordenação composta pelos padres Antônio Gonçalves e Paulo Lopes de Faria e pelas irmãs Eugênia Pandolfo e Neli Manfio. Com a colaboração do biblista Frei Carlos Mesters, foram elaborados folhetos para a divulgação e estudo da Bíblia com o desejo de despertar o gosto pela Palavra de Deus e iniciar uma leitura bíblica permanente. Com essa iniciativa, o grupo desejava levar o estudo da Bíblia às paróquias, comunidades, Vida Religiosa Consagrada, escolas, hospitais, penitenciárias, meios de comunicação.

Bíblia Gente
Bíblia, Deus caminhando com a gente. Esse foi o slogan adotado pelo Centro Bíblico de Belo Horizonte que lançou, em 1976, o folheto Bíblia Gente tornando o Mês da Bíblia uma realidade nacional. No ano anterior, o Regional Leste II da CNBB (Minas Gerais e Espírito Santo) já havia aderido à iniciativa de Belo Horizonte.
Com o empenho de Dom Albano Cavalin, Irmão José Israel Nery, Frei Bernardo Cansi, abriu-se uma nova etapa. O estudo da Bíblia não seria mais por temas, mas de um Livro, texto completo da Bíblia dando continuidade ao Tema da Campanha da Fraternidade. Assim, as comunidades tiveram a oportunidade de conhecer e aprender a ler os textos dentro do seu contexto.
A redescoberta da Sagrada Escritura e o seu uso constante por todas as Igrejas Cristãs no Brasil tem sido muito significativo para o processo e crescimento da experiência da fé das comunidades espalhadas pelo nosso imenso País. Nesse sentido, o Brasil desenvolveu um trabalho pioneiro na Igreja da América Latina, no que diz respeito à Animação bíblica das pastorais.